Smart house: entenda um pouco mais sobre essa nova tendência

6 minutos para ler

Smart house é uma casa com equipamentos conectados que facilitam as tarefas domésticas. O uso de tecnologia é pensado em função das necessidades personalizadas dos moradores. Tendência do futuro, a nova forma de moradia traz praticidade, autonomia e economia na redução de desperdícios de água, luz e alimentos.

A velocidade de internet, com o sinal de wifi potente, é o ponto central para uma smart house. O funcionamento acontece através dessa comunicação com sistemas de dados. O resultado é economia de tempo e fortalecimento dos sistemas de segurança. O mercado de aparelhos inteligente teve um crescimento estimado em 911,35%, segundo a Associação Brasileira de Automação Residencial (Aureside).

Ficou curioso para saber mais? Permaneça nesta leitura e descubra as vantagens da tendência que já integra o cotidiano de 63,3 milhões de residências brasileiras, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Domótica e smart house

A palavra domótica é a fusão de termos em francês para casa e automático. A relação do país europeu com o uso de tecnologia nas residências não é coincidência. Nos anos 1980, o termo ganhou a França para explicar a gestão de sistemas de segurança, iluminação e climatização que eram interligados. A automatização de tarefas é uma realidade empresarial que se abre cada vez mais para o ambiente doméstico.

A ideia de otimização do cotidiano do lar é antiga e se relaciona com o desejo de velocidade dos processos. O avanço da internet, com aumento da velocidade, e possibilidade de maior cobertura viabilizada pelo wi-fi, popularizou o uso da tecnologia no lar. Em filmes antigos futuristas é possível observar projetos de domótica que hoje parecem, inclusive, não apenas ser possíveis, mas como melhor sofisticados.

Economias

Pensar em um projeto de smart house aparenta, em um primeiro momento, ser restrito apenas às camadas muito ricas da população. Porém, essa ideia tem encontrado novo rumo diante das ofertas tecnológicas do mercado e da economia gerida.

A eficiência energética, de água e até prevenção de possíveis problemas estruturais, de mofo etc, precisam ser colocados como retorno positivo no momento de pesquisar um projeto de smart house. Inclusive, esse retorno pode cobrir, a longo prazo, os custos elevados de algumas partes do projeto.

Luz inteligente

Lâmpadas inteligentes talvez sejam o símbolo popular da smart house. Elas são mais baratas do que outros aparelhos e promovem o primeiro contato de muitos com os sistemas de conexão do lar. A rede wi-fi permite o controle da intensidade da luz e da cor. É possível programar padrões de iluminação e horários de atividade da luz.

Além do formato clássico de lâmpada, há também fitas de LED inteligentes. Fáceis de instalar, promovem mais possibilidades de personalização. De modo similar a lâmpada clássica, as fitas de LED podem ser conectadas com assistentes virtuais.

Automação

Imagine a situação de perder um notebook por esquecer a janela aberta do escritório e a chuva molhou o aparelho. Ou ainda, o prejuízo na conta de luz com o ar-condicionado ligado esquecido durante uma viagem de 15 dias. Essas situações são evitadas com o privilégio da automação, característico da smart house.

Há varias formas de automatizar o lar. A mais econômica é a configuração de aparelhos pontuais (luzes, geladeira, cortinas, câmeras de segurança). Há também a possibilidade de automatização da casa de maneira mais sistemática. A oportunidade desse investimento é mais viável ao adquirir um imóvel novo, na planta, pois isso evita reformas e descarte de estruturas já anteriormente feitas.

Segurança

Certamente uma das principais vantagens de uma smart house é a possibilidade de manter a vigilância e segurança do lar de modo mais fácil e potencializado. Destaca-se o uso de aplicativos de celular que mostram o sistema de câmeras, chaves com reconhecimento da impressão digital, sensores de movimento que indicam a presença humana. Ainda, a conexão direta e possibilidade de envio automático de alerta para centrais de segurança, caso haja alguma suspeita.

O investimento em segurança ajuda na qualidade de vida, pois garante tranquilidade para toda a família. O controle do ambiente evita preocupação nos períodos de viagens. Além de valorizar o imóvel, afinal de contas proteção sempre é oportuna.

Praticidade

A manutenção de um imóvel é um fator preponderante na valorização de longo prazo. Com a praticidade de uma casa conectada é possível ter maior controle das condições do apartamento. Aparelhos que monitoram a umidade do ambiente e evitam o mofo são ótimas aquisições.

Outra situação de praticidade é a comodidade de iniciar uma sequência de músicas ao começar o preparo de um jantar cotidiano na cozinha, ou mesmo programar melodias para outros momentos de maior animação. Enfim, a facilidade de ter uma smart house é explicada pela intensa conexão não só dos habitantes com os aparelhos, mas também entre os próprios objetos tecnológicos.

Tempo

Com os benefícios da smart house, o tempo é um aliado importante para a vida de home office, por exemplo. O hábito cultural de trabalhar em casa, que parece ter se estabelecido nos últimos anos, também oportunizou o destaque para as vantagens de ter uma smart house.

O melhor aproveitamento viabilizado por sensores de presença que desligam luzes, tvs e aparelhos domésticos no geral. Enfim, sistemas inteligentes conectados de áudio, iluminação, climatização, ventilação e vídeo resultam em uma economia de tempo que faz a diferença no cotidiano caótico do trabalho semanal.

Integrador de sistemas

O profissional encarregado por organizar as conexões entre os aparelhos de uma smart house é chamado integrador de sistemas. Responsável pela análise da melhor maneira de funcionamento do projeto na casa, o profissional considera a personalização e necessidades da família. Funciona como se ele criasse um sistema operacional próprio para o contexto aplicado.

Os benefícios de uma smart house ficam mais evidentes a medida que o acesso às tecnologias é ampliado. O futuro parece mais próximo com o uso de luzes inteligentes, automação, maior vigilância contra roubos ou furtos, praticidade e economia gerado por objetos e sistemas integrados da smart house.

A casa conectada é o seu objetivo? Veja as melhores condições e oportunidades ao escolher um imóvel novo. Entre agora mesmo em contato conosco para ficar mais perto da realização desse sonho futurístico.

Posts relacionados

Deixe um comentário