Tipos de imóveis: 2020 é o ano para investir no mercado imobiliário

Tipos de imóveis: 2020 é o ano para investir no mercado imobiliário

Muita gente tem como objetivo sair do aluguel e conquistar a casa própria, e o mercado imobiliário traz diversas oportunidades para quem quer investir, por conta dos vários tipos de imóveis existentes e todas as possibilidades de compra e venda. Como o ano de 2020 está bastante favorável para o ramo, é importante ficar atento e não deixar de investir.

O mercado esteve em recessão nos últimos anos, mas vem se reerguendo aos poucos desde 2017. O motivo se deve às novas oportunidades oferecidas pelas instituições financeiras e também pelos novos empreendimentos que estão surgindo pelas construtoras.

Se você não está por dentro de como anda o mercado imobiliário em 2020 e quais os tipos de imóveis que é possível investir, continue por aqui para entender melhor sobre esse cenário e conhecer os tipos de bens existentes no mercado imobiliário. Vamos lá?

Como anda o mercado imobiliário em 2020?

O mercado imobiliário teve a sua principal retomada em 2019, depois de muitas melhorias em 2017 e 2018. O período de recessão foi marcado pela queda de 30% do PIB para a construção civil. Porém, ele já vem mostrando sinais de recuperação e pode crescer até 3% neste ano. Essa retomada do mercado é resultado da subida do preço dos imóveis, o aumento das vendas, bem como a entrada de potenciais investidores.

Outro fator que impacta bastante no ramo de imóveis e vem favorecendo os investidores são as constantes quedas da taxa Selic, o que acaba reduzindo os juros dos financiamentos imobiliários — uma das principais modalidades de aquisição de imóveis. Isso pode acabar conquistando inúmeros novos compradores para o setor.

Essa taxa é definida conforme os encontros do COPOM (Comitê de Política Monetária) para definir os rumos da economia e também como forma de frear a inflação. Com a baixa da taxa Selic, as pessoas ficam mais confortáveis em realizar investimento pelo baixo preço. As construtoras projetam mais imóveis, que viram novas ofertas das imobiliárias e, dessa forma, impulsiona o surgimento de mais crédito imobiliário, movimentando o setor.

Portanto, o ano de 2020 pode ser considerado um ano chave para bons investimentos. O mercado imobiliário está movimentado, com muitas negociações acontecendo. Sendo assim, uma excelente alternativa para o investidor é adquirir um imóvel e depois colocá-lo para locação, visto que a procura por locação também cresceu bastante.

Agora que você já viu que 2020 é totalmente propício para a realização de investimentos no setor de imóveis, chegou a hora de conhecer quais os tipos de imóveis que você pode apostar em uma negociação.

Afinal, quais os principais tipos de imóveis existentes no mercado?

Apartamento

apartamento é um dos imóveis mais comuns do mercado, onde é conhecido como uma unidade residencial que ocupa parte de uma edificação e contém suas divisões internas bem definidas. Eles podem apresentar configurações bem distintas, de acordo com a sua metragem, tipo de acabamento e também os preços.

Os apartamentos são organizados em condomínios, o que proporciona maior segurança para os seus moradores, ainda mais aqueles que moram em grandes cidades. Esse tipo de imóvel atrai muitos interessados, tanto compradores quanto possíveis locatários, devido à versatilidade de valores e tamanhos que ele traz.

Flat

Os flats são bem parecidos com os apartamentos padrão, uma vez que têm suas divisões bastante definidas, com dormitório, sala de estar, banheiro e cozinha. A principal diferença é que os flats oferecem um tipo de serviço bem parecido com o de hotelaria. Isso traz mais comodidade para os moradores, que podem contar com uma camareira e lavanderia a preços bem menores.

O principal público desse tipo de imóvel são as pessoas que buscam por moradias temporárias, então é muito mais fácil fechar contratos de locação com preços bem interessantes.

Apartamento Studio

Os apartamentos studio ou kitnets são imóveis com uma pequena metragem — inferiores a 40 metros quadrados ­—, divididos entre dois cômodos básicos, em que um é o banheiro e o outro é dormitório, sala de estar e cozinha em um lugar só.

Esse imóvel é bem comum nas grandes cidades, onde o público busca por mais praticidade, em meio à vida corrida na rotina de estudantes e trabalhadores. Geralmente, essas pessoas optam por alugar os apartamentos studio pela boa localização, acessibilidade, facilidade de manutenção, bem como os preços mais em conta.

Cobertura

Já a cobertura é aquele apartamento que ocupa o último andar de um prédio, tendo uma área externa que aproveita o espaço superior do edifício. Esse imóvel costuma ter o dobro da área de um apartamento padrão, com uma estrutura bem definida e totalmente privativa. Dessa forma, o proprietário ou morador pode ter uma piscina, churrasqueira, dentre outros componentes.

Uma cobertura é bastante valorizada e uma ótima oportunidade de investir, por conta do retorno que ela pode proporcionar. Mas para isso, é preciso também de um investimento maior. A procura por esse tipo de imóvel é bem alta devido às vantagens que ele traz.

Duplex

O duplex também é um tipo de apartamento, que é denominado desse modo quando o imóvel ocupa dois andares em um prédio. Dessa forma, ele costuma ter o dobro do tamanho de unidades padrão. Quando o apartamento ocupa três andares, ele passa a ser chamado de triplex.

É muito comum ver que os duplex se dividem em área de estar, social, cozinha, sala de estar e banheiro social em um andar, enquanto o outro fica para os quartos e suítes.

Lofts

Já os lofts são apartamentos onde não há divisão entre os cômodos, como os kitnets, mas o tamanho é bem maior. Com relação à estrutura, o loft costuma ter um pé direito maior, grandes janelas e aberturas, podendo ou não ser composto por um mezanino. É uma opção bastante moderna de moradia, que atrai muitos jovens solteiros e casais.

Por fim, vale destacar que todas essas opções de imóveis residenciais acabam sendo uma alternativa atraente de investimento para 2020, oferecendo um excelente retorno quando contratos de aluguel são fechados após a compra.

Gostou do nosso conteúdo? Ficou satisfeito em conhecer mais sobre os tipos de imóveis para poder investir? Se quiser ver mais sobre nossos serviços, entre em contato conosco e ajudaremos em tudo o que você precisar!

Sem comentários

Cancelar