Tipos de cortina: saiba quais são os principais e como utilizá-los

Tipos de cortina: saiba quais são os principais e como utilizá-los

No mundo da decoração, cada detalhe faz toda a diferença na hora de compor o ambiente e deixá-lo em perfeita harmonia. Portanto, é muito importante saber escolher muito bem os móveis, os itens decorativos, a pintura das paredes, o revestimento dos pisos, a iluminação e, até mesmo, os tipos de cortina que você vai utilizar na sua casa.

As cortinas são consideradas elementos muito importantes na hora de decorar, e elas estão presentes na maioria das casas. Servem para impedir a passagem de luz pelas janelas, sendo encontradas em diversos estilos.

Muitas pessoas acabam ficando em dúvida sobre quais tipos de cortina escolher para compor bem os cômodos da casa e combinar com o resto da decoração. Portanto, se você está atrás da melhor opção de cortina para a sua casa, continue por aqui e veja quais os principais estilos disponíveis, bem como a importância desse item para o ambiente. Vamos lá?

Qual a importância das cortinas?

Alguns dos pontos decorativos da nossa casa têm utilidades importantes, além de embelezar. Esse é o caso das cortinas. Elas são uma espécie de barreira, feitas de tecido ou algum outro material, que servem para impedir que a luminosidade do sol entre em determinados ambientes durante alguns períodos do dia.

Elas também são as responsáveis por trazer uma sensação de conforto e muita beleza para o espaço, podendo ser inseridas em qualquer cômodo da casa, sejam em quartos, salas, bem como em cozinhas, banheiros, escritórios, copas e, até mesmo, lavanderias.

Por conta desse diversificado uso das cortinas, o mercado da decoração disponibiliza vários tipos para serem explorados e que exercem diferentes funções para o ambiente, seja por conta do tipo de material empregado, ou pelo tamanho e formato da peça.

Portanto, ela se mostra como um importante artigo da decoração, capaz de alterar a disposição de iluminação de um cômodo e deixá-lo mais confortável para os moradores.

É fundamental que, para que a cortina exerça todos os benefícios que ela está preparada para oferecer, seja escolhido o modelo certo de acordo com o tipo de ambiente em que ela será instalada, mantendo sempre a harmonia com o restante da decoração.

Quais os tipos de cortina existentes no mercado?

A variedade de produtos disponíveis no mercado serve para agradar os diversos gostos, as diferentes decorações e as inúmeras utilidades que os produtos podem ter. Com as cortinas não seria diferente: existem as mais tradicionais, que embelezam qualquer lugar, e as de blackout, que impedem a passagem de toda a luminosidade exterior.

Cortina tradicional

As cortinas tradicionais são as mais baratas de ser encontradas e podem até ser feitas em casa, uma vez que a matéria-prima é qualquer tipo de tecido, como algodão, linho, seda, veludo, voal, dentre outros.

As estampas são inúmeras e, assim como as cores e tonalidades desse tipo de cortina, a escolha segue o gosto do morador. Mas é importante lembrar que ela deve combinar com todos os itens que estão dispostos no ambiente.

Esse modelo de cortina é fixado em varões ou trilhos suíços e são geralmente acompanhados de acessórios como abraçadeiras ou xales, que ligam a parte de tecido com a haste. A movimentação da cortina na abertura, para dentro ou para fora, é que determina a condição de luminosidade do local.

Cortina blackout

As cortinas blackout, ou comumente chamadas aqui no Brasil como blecaute, são um tipo de cortina que tem a função de deixar o ambiente totalmente escuro. O material que reveste o produto impede a passagem de todo o feixe de luz do lado de fora. Existem modelos eletrônicos que possibilitam que elas sejam fechadas por controle ou outro tipo de acionamento.

Inicialmente, as cortinas blackout foram produzidas para o uso em quarto, porém hoje em dia elas podem ser colocadas e qualquer ambiente que necessite da redução de luminosidade, como as salas de televisão. Quem odeia a claridade é muito bem beneficiado por essa cortina.

A cortina blackout é o sonho de todo mundo que quer dormir até um pouco mais tarde, mas se sente incomodado com a chegada do sol forte pela manhã. Além do mais, esse tipo de cortina não controla a luminosidade somente, ela também consegue regular a temperatura do ambiente e traz um clima aconchegante para o cômodo, além de ter ótimo custo-benefício e longa durabilidade.

Cortina persiana

A cortina persiana é um modelo bem mais moderno e menos espaçoso, que traz um ar bastante sofisticado para qualquer ambiente. Ela é encontrada nas versões horizontal e vertical, podendo ser aplicada em qualquer tipo de cômodo, porém suas maiores aplicações são nas salas, quartos e escritórios.

Elas compõem muito bem espaços mais descontraídos e minimalistas. São encontradas no mercado com preços mais em conta do que outros tipos de cortina e trazem consigo uma liberdade maior de abertura. As cortinas persianas controlam a luz e a ventilação do ambiente em que estão instaladas, mas não vedam totalmente a claridade.

Compostas por lâminas horizontais ou verticais presas a um cordão, elas giram e são fechadas ao se encontrarem. As persianas conseguem trazer bastante privacidade para o espaço e harmonizam muito bem com qualquer tipo de decoração.

O modo de fechamento das cortinas persianas pode ser standard, com uma cordinha para puxar e travar, monocontrole, que é uma haste contínua que precisa ser girada para fechar, ou motorizado, indicado para quando a cortina é muito alta.

Cortina de sarja

As cortinas de sarja também são feitas de tecido, podendo ser diversos tipos diferentes, seja pela cor ou estampa. Elas são chamadas assim porque no alto do material são instalados ilhoses, por toda extensão da extremidade. E por meio dos furos, a cortina é fixada em um bastão que é colocado no alto da parede.

Essa forma de fixação dá à cortina um aspecto ondulado e diferenciado. São usadas geralmente duas faixas de cortina que se encontram no meio para impedir a passagem de luz e controlar a claridade no local. Elas são indicadas para o quarto, principalmente das crianças e dos jovens.

Por fim, vale ressaltar, que todos os tipos de cortina devem ser aplicados de acordo com o estilo de decoração que compõe a sua casa. Por exemplo, se a sua decoração é mais moderna, uma cortina persiana ou blackout vai combinar direitinho com ambiente.

Gostou de conhecer os variados tipos de cortina que existem no mercado e a importância de saber escolher esse artigo da decoração? Então comente no post e nos diga o que achou!

Sem comentários

Cancelar