Saiba o que considerar para vender um imóvel mais rápido!

Saiba o que considerar para vender um imóvel mais rápido!

Se você vem tentando descobrir o que deve considerar ao vender um imóvel a fim de realizar essa transação o mais rápido possível, veio ao lugar certo para obter as melhores informações sobre o assunto.

O panorama do mercado imobiliário mudou muito nos anos recentes, devido à crise política e econômica, somada às restrições financeiras e até mesmo à insegurança que isso gera nos compradores.

Por isso, as dicas abaixo são essenciais para poder superar esses obstáculos e realizar a venda de forma acertada. Continue lendo e aprenda!

Fazer as reformas necessárias

Apenas invista em reforma se for primordial para o funcionamento do imóvel, caso contrário desperdiçará dinheiro em algo que não trará ganhos significativos para você, já que o imóvel será vendido para outra pessoa.

Se houver problemas no piso, teto ou mesmo tubulação e fiação, que possam ser um risco aos futuros moradores, você deve tomar iniciativa em relação a isso e realizar as reformas necessárias.

Porém, se for algo apenas em nome de estilização ou qualquer questão que não seja urgente, deixe essa alternativa para o comprador e aproveite para demonstrar a ele as possibilidades que o seu imóvel oferece em termos de boas transformações que podem ocorrer em sua estrutura. Isso ajuda a acelerar a venda ao você conscientizar quem vai comprar sobre o potencial daquela residência.

Investir na divulgação

Investir na divulgação do seu imóvel passa por pontos que vão desde onde você anunciará a sua propriedade até a qualidade das fotos tiradas, que mostrarão o melhor do que você tem a oferecer.

Nessas horas, contar com uma imobiliária pode ser uma excelente opção por conta da rede de contatos que possui e o conhecimento de mercado que tem, acelerando bastante o processo de encontrar o comprador ideal para o seu bem.

A parte também das fotos e da divulgação pode ser resolvida pelos profissionais da imobiliária de forma mais acertada, justamente por saberem fazer isso corretamente e lidarem diariamente com a divulgação dos imóveis que vendem.

Até porque na hora de vender você terá que cuidar de questões burocráticas que, se resolvidas por conta própria, podem sair caras e dar bastante trabalho. Por meio da equipe de profissionais que integram uma imobiliária, você evita ter que resolver tudo sozinho e tem maior tranquilidade em todo o processo de venda.

Cuidar da apresentação do imóvel

Independentemente se você vive no imóvel que será vendido ou se ele se encontra desocupado, é importante cuidar da apresentação para obter bons resultados na venda.

Abaixo, vamos apresentar algumas dicas para quem ainda vive no imóvel:

  • não deixe itens pessoais à vista: isso vai desde roupas íntimas no varal até flâmulas de time de futebol penduradas na parede;
  • faça uma faxina na casa e a organize para causar a melhor impressão possível a quem vem visitá-la. Um banheiro limpo é um ótimo fator;
  • se possui muitos móveis na sua casa e puder mudar alguns de local para dar uma ideia melhor do espaço do imóvel, isso também contribui para deixá-lo mais atrativo.

Agora, confira o que deve ser feito caso o imóvel que está sendo colocado à venda esteja desocupado:

  • considere repintar as paredes, preferencialmente de branco, já que cores arrojadas podem não agradar a todos e o neutro é infalível;
  • ande pela casa e identifique pontos que poderiam comprometer sua apresentação, como fios e tomadas soltas, torneiras e apagadores que não funcionam e demais defeitos.

Se você cuidar dos itens apresentados nesse tópico poderá causar uma excelente impressão em visitar o seu imóvel para compra e, assim, agilizar esse processo. Pense nisso.

Entender que os preços caíram

A crise política e econômica que afeta o Brasil já há alguns anos afetou a grande maioria da população. Nesse cenário, pouca gente tem disponível o dinheiro que havia antes para compra de imóvel, mesmo que financiada por muitos anos. Até porque as próprias condições de financiamento mudaram e não são mais tão fáceis quanto outrora.

Compreender esse contexto vai permitir aceitar que os preços caíram e que o valor que você gostaria de vender o seu imóvel provavelmente não representa o que o mercado quer.

O apreço emocional que temos com o nosso imóvel também entra como grande fator nisso. Você não pode confundir o quanto acha que deveria valer o seu bem por quanto as pessoas realmente estão disponíveis a pagar.

Entenda isso e evite perder tempo exigindo um preço alto demais, que não equivale ao que o mercado atual cobra. Pedindo um valor compatível, você consegue atrair mais pessoas interessadas e acelera a venda do seu imóvel.

Considerar contrapropostas

Nesse panorama em que pode haver mais vendedores do que compradores e pouco dinheiro circulando no mercado, é essencial que você esteja aberto a contrapropostas. Considere o que a pessoa interessada tem a oferecer e veja se cabe nos seus interesses.

Um exemplo comum é o vendedor querer receber todo o montante à vista, sendo que no contexto atual é muito mais provável que o comprador opte por um financiamento para realizar o pagamento. Ele pode levar até 45 dias para ser liberado para quem quer adquirir o seu imóvel.

Tendo jogo de cintura e lidando com isso de forma inteligente, você consegue fechar um bom negócio sem se limitar pelas dificuldades momentâneas.

Agir na hora certa

Imagine colocar um imóvel à venda em São Paulo, justamente quando começa o período de chuvas, no qual o trânsito se complica ainda mais e as pessoas interessadas terão menos disponibilidade para visitar o local. Nada bom, não é mesmo?

Querendo ou não, detalhes como esse podem influenciar na hora de vender o imóvel mais rápido e se você não se atentar a isso terá dificuldades de entender por que ainda não conseguiu atingir seu objetivo.

Por isso, considere todo o contexto da cidade onde mora, o bairro onde seu bem está localizado e pense sempre estrategicamente a fim de colher resultados melhores. Só assim será possível alcançar desdobramentos diferenciados. Aproveite bem as informações dadas neste post para realizar isso da melhor forma e vender sua propriedade de forma mais eficaz e veloz.

Gostou de saber o que considerar para vender um imóvel mais rápido? Então aproveite para entender também o que deve constar no contrato de compra de imóvel.

Sem comentários

Cancelar