Saiba como reformar apartamento para alugar sem gastar muito

Saiba como reformar apartamento para alugar sem gastar muito

Quando se tem imóvel para locação, é muito importante ficar atento às condições da propriedade antes de iniciar um novo contrato de aluguel. Manter tudo em bom estado e sempre trazer alguma melhoria viabiliza a negociação, além de valorizar o imóvel. Assim, é sempre indicado reformar apartamento para alugar.

Muita gente pensa que são necessárias grandes reformas, que envolvem obras mais trabalhosas, para valorizar um imóvel no momento de alugar ou até mesmo de vender. No entanto, pequenas alterações estratégicas já conseguem promover melhorias no apartamento. Assim, são suficientes para tornar o bem atrativo e garantir um bom preço na hora de negociar a locação.

Se você ainda não sabe qual é a melhor maneira de reformar um apartamento para alugar, continue por aqui e veja como otimizar a sua propriedade para economizar e valorizar o seu investimento.

Qual é a importância de reformar apartamento para alugar?

Um imóvel para locação deve passar uma boa impressão aos possíveis clientes. E para que isso aconteça é necessário fazer reformas ou manutenções. Alguns aspectos devem ser revistos para deixar o local em boas condições de uso, reparar alguns danos que possam ter surgido com o passar do tempo e garantir a limpeza e a organização da unidade.

Sendo assim, essa reforma pode sair bem mais em conta e se tornar muito mais vantajosa devido aos benefícios que proporciona, especialmente a valorização do imóvel que será locado. Esse investimento na reforma, quando envolve um planejamento correto, consegue evitar inúmeras preocupações e reclamações por parte dos clientes.

Como realizar essas reformas antes de alugar um apartamento?

Toda reforma demanda o cumprimento de algumas etapas para que traga bons resultados e previna retrabalhos. Veja os passos que você deve seguir.

Planeje o orçamento

Antes de realizar qualquer serviço que exija algum investimento, procure elaborar um orçamento adequado. A finalidade é anotar e delimitar todos os gastos para cobrir os reparos que serão necessários no apartamento, visando a melhoria do bem. Para muitos, essa tarefa pode até parecer chata e difícil, mas é extremamente necessária.

Por meio de um orçamento você terá a real dimensão do valor final da reforma, entendendo o que precisa ser feito e quanto terá que gastar com cada processo. Ou seja, é essencial que essa fase seja levada em conta para realizar uma boa reforma antes de alugar.

Contrate mão de obra qualificada

Por mais simples que uma obra possa parecer, é importante que o serviço seja bem feito para evitar qualquer tipo de imprevisto. Assim, procure profissionais capacitados, que transmitam segurança e demonstrem ter conhecimento sobre o que fazem.

Você pode pedir uma amostra de serviços anteriores para avaliar como eles trabalham e o nível de qualidade dos diferentes projetos realizados.

Reutilize materiais

Em uma reforma, é muito importante considerar itens do apartamento que poderão ser reaproveitados. Consulte um profissional para essa tarefa, afinal, alguns componentes, como os tacos do chão da sala ou até mesmo as portas e armários que faziam parte do imóvel, poderão ser reutilizados.

Portanto, para que a reforma seja ainda mais econômica, analise com cuidado quais materiais ou peças estão em bom estado e procure manter todos esses recursos.

Foque na qualidade do projeto

Em qualquer tipo de reforma, é muito importante elaborar um bom projeto para que tudo seja feito de forma adequada. Invista em qualidade para reparar os danos do ambiente e deixar o imóvel em bom estado para a locação.

Uma reforma sempre envolve inúmeros detalhes que impactam diretamente nos custos e no andamento do serviço. Assim, quando o projeto já engloba todos os aspectos relacionados com a obra, fica muito mais fácil executar os serviços e acompanhar a produtividade na hora da execução.

Portanto, serviços elaborados com foco na qualidade são essenciais para a execução de uma reforma que tenha foco na valorização do imóvel e na possibilidade de fechar um bom contrato de aluguel.

Calcule a quantidade de material

Outro aspecto que deve ser bem planejado é a quantidade de materiais utilizados na reforma. É essencial calcular esse volume corretamente, a fim de prevenir tanto a falta de itens no momento da obra quanto o desperdício ou a perda de produtos.

O erro na quantidade de materiais pode trazer muita dor de cabeça para você. No caso do cálculo inadequado do revestimento, por exemplo, pode ser necessária a compra de novos produtos, muitas vezes de lotes diferentes, resultando em desigualdade de tons e até mesmo de tamanhos.

Para evitar a falta de materiais na obra, faça o cálculo sempre com base no projeto da reforma. Outra dica é utilizar uma margem de segurança de cerca de 10% a mais do produto que será comprado.

Conheça a dimensão dos espaços

É muito comum errar no dimensionamento dos ambientes que serão reformados. Isso complica bastante na hora de calcular os gastos que você terá com a obra. Portanto, o ideal é que todos os espaços tenham seus layouts definidos previamente, de modo a garantir a harmonia entre todos os objetos e áreas do apartamento.

Conhecer o tamanho dos cômodos é essencial durante a fase dos acabamentos, tanto para fazer a aplicação dos revestimentos quanto para realizar a pintura das paredes.

Também é importante ficar atento quanto à combinação dos materiais e das texturas, ainda mais no momento de planejar o revestimento. Pense bastante na hora de combinar todos os elementos que estarão reunidos no espaço, desde as janelas e as portas até as peças de cerâmica, pastilhas, dentre outros itens.

Cabe destacar que, para arcar com essa reforma, você pode contar com um financiamento. Existem instituições financeiras, como a Caixa Econômica Federal, que oferecem crédito para quem quer construir ou reformar um imóvel. 

Esse financiamento pode ser feito a partir de 15 mil reais, cobrindo até 80% do valor da obra e tendo como garantia a alienação fiduciária do imóvel. Vale a pena considerar tal possibilidade.

Por fim, tenha em mente que você não estará perdendo nada ao reformar apartamento para alugar. Afinal, existe a grande chance de locação do bem, além da garantia de valorização do imóvel resultante do bom estado de conservação.

Se você deseja saber um pouco mais sobre essa alternativa do financiamento, veja o nosso artigo que explica tudo sobre o financiamento para reforma. Até a próxima!

Sem comentários

Cancelar