Quarto para criança: veja aqui 7 dicas incríveis para decoração

Quarto para criança: veja aqui 7 dicas incríveis para decoração

Se você está buscando por dicas de decoração sobre quarto para criança, veio ao lugar certo para obter as melhores informações. Afinal, esse espaço da casa deve ser tranquilo, divertido e com elementos que se alinhem ao gosto dos pequenos.

Isso é algo benéfico ao desenvolvimento deles, já que um bom quarto não só oferece descanso, mas também pode trabalhar a criatividade das crianças desde cedo. Com os direcionamentos a seguir, você verá que é completamente possível organizar um ambiente aconchegante e inspirador para a criançada.

Quer saber qual caminho seguir na hora de decorar o cômodo? Continue a leitura!

1. Escolha um estilo decorativo

Quando o assunto é quarto para criança, são muitas as possibilidades de estilo decorativo — marinheiro, pirata, futebol, praia, natureza e estelar são algumas delas. Independentemente da escolha, o bom gosto e a criatividade são essenciais nessas horas.

O segredo é fazer algo que seja agradável aos olhos e não se torne cansativo com o passar do tempo. Cores muito intensas e excesso de itens decorativos podem ser mais prejudiciais do que benéficos dentro desse propósito. Por isso, para ter o efeito desejado, procure equilibrar bem os elementos do quarto.

2. Decida a paleta de cores

A paleta de cores vai passar pelo estilo decorativo escolhido. Afinal, se você criou uma decoração baseada na natureza, com imagens de palmeiras, montanhas e animais, provavelmente não escolherá nenhuma tonalidade que não case bem com tons como verde e azul, por exemplo. 

A combinação correta das tonalidades do ambiente com o tipo de decoração adotado no quarto produzirá um espaço incrível para as crianças. Faça isso com cuidado e verá que lugar incrível conseguirá criar para os pequenos.

3. Decore a parede

Outro aspecto que pode ser integrado ao estilo decorativo e à escolha da paleta de cores é a decoração da parede. Afinal, seja por meio de pintura ou mesmo colando papéis de parede — a segunda opção pode ser até mais interessante, pela possibilidade de criar variações mais facilmente —, é possível ambientar essa área com os demais itens do quarto para criança.

Em vez de simplesmente replicar o mesmo estilo dos outros adornos do cômodo na parede, você pode fazer melhor. Complemente a ideia, deixando o ambiente bem mais interessante para os pequenos.

Se você escolheu o estilo decorativo praiano, por exemplo, talvez as paredes em tons que lembrem a cor da areia, do mar e das palmeiras funcionem melhor do que replicar esses objetos ali. Pensando de forma complementar, o efeito final pode ser sugestivo e instigante.

4. Pense na organização

Quando falamos dos excessos que por vezes são cometidos na decoração do quarto para criança, não nos referíamos apenas aos adornos, mas também aos próprios móveis e tudo o que ocupará espaço no cômodo.

Por isso, pense na organização e esteja atento para não transformar o quarto do seu filho em um ambiente excessivamente estimulante e confuso. Você deve, inclusive, facilitar para que a própria criança seja direcionada desde cedo a manter o quarto organizado.

Caixas e baús para guardarem os brinquedos precisam estar estrategicamente dispostos e a um fácil alcance, para não oferecerem riscos de machucar os pequenos. Além de se tratar de uma excelente iniciativa educacional dentro de casa, isso contribui para a organização do quarto.

5. Deixe os objetos de interesse a um fácil alcance da criança

A mesma lógica da autogestão do quarto pode ser aplicada aos objetos de interesse da criança, como brinquedos, jogos e livros. Tudo isso também não deixa de ser uma forma de estimular a educação dos pequenos — que, se forem incentivados à leitura e virem sempre os livros por perto, podem despertar um interesse por essa excelente atividade intelectual e criativa ao longo da vida.

Além do mais, tal quesito passa pela questão da segurança. Isso porque permite que as crianças acessem o que quiserem e precisarem no quarto sem que corram riscos para tanto. 

6. Atente à segurança

Ao longo deste artigo, já relatamos mais de uma vez a importância de atentar à segurança das crianças na hora de organizar o quarto e dispor os móveis ou objetos. Porém, existem algumas dicas extras que podem guiar você melhor ainda por esse processo. Acompanhe:

  • brinquedos e itens em geral que forem mais pesados devem estar sempre no nível do chão, a fim de evitar quedas sobre as crianças;
  • a tampa dos baús pode ser revestida de borracha, para amortecer a fechadura e evitar que os pequenos machuquem as mãos na hora de fechá-los;
  • evite usar as travas fixas de metal para manter a porta aberta — dê preferência aos pesinhos de areia e sacos decorados, com o objetivo de prevenir acidentes com os pés dos pequenos;
  • quaisquer móveis pontiagudos devem ser revestidos de borracha em suas extremidades.

Vale acrescentar que móveis de vidro estão longe de serem as melhores opções na decoração do quarto para criança. Afinal, trata-se de um material cortante, que pode não ser seguro na hora em que os pequenos estiverem correndo e brincando. 

7. Invista no piso adequado

Outro aspecto que contribui não só para um ambiente mais infantil e adequado à idade, mas também com a segurança das crianças, é a utilização de um piso adequado. Nele, os pequenos podem literalmente deitar e rolar, se divertindo muito e trabalhando o desenvolvimento psicomotor e a criatividade.

Além do mais, se cair uma tinta enquanto pintam o sete, não haverá problema. Muitas famílias investem em EVA, que é uma excelente alternativa para as crianças. Qualquer situação de queda também fica amortecida pela maciez desse material, o que favorece bastante a liberdade e a segurança dos pequenos.

Como você pode ver, é completamente possível organizar e criar um espaço excelente para as crianças dentro de casa. Agora que já tem as informações certas, aproveite para mudar a forma como tem lidado com a questão e use a criatividade para alcançar os melhores resultados por meio dos direcionamentos que recebeu neste artigo.

Se você gostou de conhecer nossas dicas de decoração sobre o quarto para criança, descubra agora mesmo quais são os 6 aplicativos de decoração que vão facilitar ainda mais esse processo!

Sem comentários

Cancelar