Móveis para quarto de bebê: descubra como planejar o ambiente!

Móveis para quarto de bebê: descubra como planejar o ambiente!

Uma das pesquisas que certamente está no histórico de navegação das futuras mamães é sobre moveis para quarto de bebê. Parte importante da preparação para a chegada de uma criança, planejar o quartinho vai além de escolher um tema ou comprar itens decorativos.

Os quartos infantis devem ser aconchegantes, bem arejados, práticos e, principalmente, seguros. É exatamente por isso que a escolha dos móveis, bem como sua organização e distribuição no ambiente, deve ser feita com muito cuidado.

Neste post daremos algumas dicas do que deve ser levado em conta na hora de planejar e decorar o quarto do futuro herdeiro. Preparada? Então acompanhe:

Pense em funcionalidade e praticidade

Se você já tem filhos, sabe a correria que é. Se esse é o primeiro, prepare-se para entrar em uma rotina acelerada! Por causa desse ritmo, ter os móveis como grandes aliados é a sua salvação. Por isso, em um quarto infantil não pode faltar funcionalidade e praticidade.

Opções funcionais

Para atender às necessidades do bebê e melhorar a qualidade de vida dos pais logo nas primeiras semanas com o pequeno, os móveis devem ser funcionais!

Um exemplo é investir em cômodas com trocadores que fiquem na altura dos braços dos adultos. Outra ideia é apostar em berços que, mais tarde, viram mini camas. E que tal ainda um puff que também é baú? Dá para sentar e esconder a bagunça — tudo ao mesmo tempo!

Móveis de qualidade

Além de serem funcionais, é importante pesquisar muito e optar por móveis de qualidade comprovada. Dê preferência às marcas reconhecidas e aprovadas pelos pais em geral.

De nada adianta querer poupar nessa hora: se escolher peças pouco resistentes, dentro de pouco tempo terá que substituí-las, tendo mais dor de cabeça.

Disposição inteligente

A disposição inteligente dos móveis contribui muito para a organização do lar e para a praticidade nos cuidados com o bebê. Quer um exemplo? Anote aí: coloque a cômoda com fraldas e artigos de higiene ao lado do trocador para facilitar na hora da troca e, de quebra, uma lixeirinha próxima.

Coloque a segurança em primeiro lugar

Ainda mais essencial é pensar na segurança — que deve vir em primeiro lugar. Lembre-se de que todo cuidado é pouco quando se está lidando com um bebê, especialmente os recém-nascidos.

Produtos certificados

O primeiro passo é a escolha das peças corretas. Assim como você leva um bom tempo pesquisando antes de comprar um imóvel, na hora de montar o quartinho do bebê também deve haver preocupação de sobra com vários aspectos.

O berço, por exemplo, deve ter as características determinadas pelo Inmetro, incluindo o espaço entre as grades, a altura e a existência de travas na lateral.

Montagem adequada

Os moveis para quarto de bebê devem ser montados com muito cuidado. Já pensou o perigo que uma prateleira em cima do berço representa se não estiver absolutamente firme na parede?

O ideal é sempre contratar um serviço especializado em montagem de mobiliário para garantir que fique tudo muito seguro. Esse cuidado se estende à pintura das peças — dê preferência para móveis que recebem tintura à base de água e que seja de fácil manutenção.

Cuidados extras

Além de todas essas preocupações, você deve:

  • observar a limpeza dos móveis com frequência para que não acumulem pó;
  • evitar luminárias de cores diretas; 
  • cuidar para que tapetes sejam bem aderentes ao chão para evitar acidentes.

Outra dica é começar a procurar moveis para quarto de bebê antes do último trimestre da gestação. Isso porque muitas mães escolhem comprá-los pela internet — é mais prático e, muitas vezes, mais barato.

No entanto, o prazo para a entrega de mobiliário pode ser bastante longo. Por isso, o ideal é comprar com um bom tempo de folga para que cheguem em sua casa e sejam montados antes do nascimento da criança, se prevenindo, inclusive, contra possíveis atrasos das transportadoras.

Decore com criatividade

Depois de escolher os móveis a dedo, levando em conta suas necessidades, as da criança e, sobretudo, a segurança, você pode partir para a parte mais divertida: a decoração.

Temas e cores

Para decorar o quarto do seu filho não há regras em relação às cores. Você pode optar pelo azul, rosa, branco, colorido…. Como achar melhor!

A única dica é evitar os tons muito vibrantes, como o laranja ou o vermelho, pelo menos próximos à cabeceira do berço. Esse cuidado é importante porque as cores fortes podem agitar a criança em um ambiente que deve ser de tranquilidade.

As tonalidades mais suaves, como o branco, e as cores claras e terrosas são as melhores opções. Além disso, você pode fazer um quarto temático: safári, fundo do mar, balões, pássaros — use a sua criatividade!

Estilos e design

Em relação ao estilo de decoração e design dos móveis, algumas opções são:

  • provençal: mais romântico, com tons pálidos e estampas delicadas;
  • minimalista: para quem não gosta de excessos, vale a velha história do “menos é mais”;
  • clássico: muita madeira, peças de família e artigos mais tradicionais;
  • alegre: para os que gostam de ambientes mais coloridos e com estampas divertidas;
  • montessoriano: priorizando a autoeducação, tudo no ambiente deve ser voltado para o desenvolvimento das habilidades cognitivas do bebê.

Dividindo o espaço

Para os futuros papais que vão montar o cantinho da criança no próprio quarto, seja por preferência pessoal, seja por falta de espaço, a dica é investir em alguns elementos-chave para acertar na decoração sem tirar a personalidade do casal.

Você pode, por exemplo, colocar uma estampa infantil ou uma cor diferente somente na parede que ficará atrás do berço.

Veja o que não pode faltar

Acompanhe as tendências de decoração e não perca o foco na funcionalidade! Para quem ainda tem dúvidas do que é necessário para planejar o ambiente, esta é uma lista dos móveis mais importantes em um quarto infantil:

  • berço ou moisés;
  • cômoda ou guarda-roupas;
  • trocador;
  • lixeira para fraldas;
  • prateleiras;
  • baú ou cestos;
  • poltrona de amamentação.

Pronto! Agora você já tem todas as informações de que precisa na hora de escolher moveis para quarto de bebê! O mais importante é aliar o design e a beleza da decoração com a praticidade que você deseja e a segurança que seu pequeno precisa.

E aí, já começou a colocar essas dicas em prática? Que tal aproveitar a reforma e ler também sobre como escolher os móveis para a sala de estar? Clique no link e confira!

Sem comentários

Cancelar