Morar próximo ao metrô: quando vale a pena?

Morar próximo ao metrô: quando vale a pena?

Morar próximo ao metrô pode ser muito benéfico para quem reside nos grandes centros urbanos. Afinal, dessa forma, é possível economizar dinheiro, ter mais qualidade de vida, garantir a praticidade durante o dia a dia, entre muitas outras vantagens.

É ainda interessante apontar que o metrô é um transporte seguro e rápido, ou seja, evita-se a perda de tempo em trânsitos caóticos, e qualquer pessoa pode utilizá-lo com facilidade.

Vale ressaltar também que o imóvel adquirido nas proximidades ao metrô sempre valoriza com o tempo devido a sua localização privilegiada e todas as vantagens que traz aos seus moradores, como as mencionadas acima, para facilitar a rotina agitada da cidade grande.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, continue a leitura e confira o texto que preparamos especialmente para você!

Melhor qualidade de vida

Quem mora perto do metrô tem mais qualidade de vida, tendo em vista que esse transporte público possibilita a viagem a diversos locais da cidade grande. Assim, facilitando o percurso, que é rápido e sem estresse decorrente da perda de tempo no trânsito.

Outro ponto bastante favorável que influencia muito na qualidade de vida dos moradores dessa região é que as áreas ao redor do metrô tendem a receber mais infraestrutura, como lojas, áreas de lazer, bancos, escolas etc.

Ou seja, há muitas facilidades que permitem que a pessoa resolva a pé uma pendência ou, então, que seja possível marcar um encontro com os amigos em um restaurante bom perto de casa, dentre outras atividades.

Com isso, observa-se muitas vantagens durante os afazeres do dia a dia. Além disso, também é preciso ter em mente que esses benefícios ajudam a valorizar ainda mais o imóvel nessa área.

Quanto mais infraestrutura e facilidades na cidade grande, maior será o interesse das pessoas em morar nessas localidades. Logo, residir nessa área é ótimo para os moradores e é também um excelente investimento a ser realizado.

Possibilidade de deixar de lado o uso constante de carros

Ter carro na cidade grande pode resultar em uma grande dor de cabeça. Afinal, os gastos com o veículo são sempre muito altos, como seguro, manutenção, combustível etc. Além disso, andar de carro nos grandes centros urbanos significa enfrentar horas de trânsito durante o horário do rush e muitos problemas quando chove e há alagamentos.

Outro problema muito frequente é a dificuldade em encontrar vagas nas ruas para estacionar o carro e ainda haver a possibilidade de sofrer batidas e arranhões durante o trajeto, o que reflete em mais dores de cabeça e gastos que não eram previstos.

Uma forma de resolver essa situação é deixando o carro na garagem e fazendo o bom uso do metrô próximo de casa. Desse modo, pode-se utilizar o transporte público para realizar as tarefas durante a semana e o carro fica para fazer viagens a outras cidades, compras grandes em supermercados distantes e passeios no fim de semana.

Maior economia

O uso do metrô proporciona mais economia quando se coloca todos os gastos com o transporte no papel. Por exemplo, utilizar o metrô é muito mais econômico do que manter um carro na cidade grande. Além disso, como exposto no item anterior, o uso do veículo nos grandes centros traz mais problemas do que facilidades.

É preciso também levar em consideração a relação de custo-benefício. No caso do ônibus, por exemplo, a passagem tende a ser mais barata do que a do metrô. Porém, ele demora a passar no ponto e ainda é provável que esteja cheio, o que proporciona uma experiência ruim e de desconforto, fora que pode demorar até chegar ao seu destino, uma vez que ele precisa passar em vários pontos obrigatórios para respeitar o seu itinerário.

Ou seja, vale mais a pena pagar uma passagem de metrô, que é um pouco mais cara que a de ônibus, e usufruir de uma viagem eficiente, rápida, com mais conforto e segurança. As estações do metrô costumam ficar nas ruas mais movimentadas dos bairros.

Praticidade no dia a dia

Qualquer um pode andar de metrô sem problemas, tendo em vista que é um transporte fácil de se utilizar e que ainda tem sinalizações mostrando o seu sentido e as suas estações. Assim, ele é prático e proporciona mais agilidade durante uma rotina mais corrida.

Outro ponto bastante favorável ao metrô é que ele proporciona fácil utilidade para as pessoas com deficiências, como visual e motora. Isso significa, portanto, que uma equipe preparada para auxiliar na acessibilidade e uso desse transporte público estará sempre presente.

Menos estresse

Morar próximo ao metrô em um grande centro urbano significa ter mais praticidade durante a rotina. Ou seja, por ser um transporte público rápido e seguro, fica muito mais fácil chegar aos lugares no horário certo sem ter que enfrentar pontos de ônibus superlotados e trânsitos diários.

Assim, pode-se chegar ao trabalho, na escolha, na faculdade ou em um encontro sem atrasos. Para isso, basta calcular quanto tempo o metrô leva até a estação que você precisa descer para fazer as suas atividades e, dessa forma, chegar na plataforma com um tempinho a mais. Tendo esse tipo de cuidado, fica difícil perder a hora!

Com isso, evita-se o estresse característico de quem vive lutando contra o tempo e o trânsito para chegar na hora certa nos lugares. Portanto, ter um acesso fácil ao metrô todo dia fará com que o estresse na sua rotina seja reduzido quanto o assunto é cumprir horário marcado.

Saiba ainda que ao longo do tempo o imóvel próximo ao metrô tende a se valorizar ainda mais, uma vez que as áreas próximas desse transporte público ganham mais infraestrutura.

Consequentemente, há uma maior movimentação e interesse das pessoas por essas áreas, que contam com mais restaurantes, farmácias, supermercados, lojas de conveniências etc. Assim, trazendo ainda mais facilidades para quem mora em um imóvel perto do metrô.

Viu como é vantajoso morar próximo ao metrô? Então entre em contato com a gente agora mesmo para conhecer alguns imóveis que oferecem esse ótimo benefício. Estamos à disposição para atender você e solucionar qualquer questão que tenha ficado para trás.

Sem comentários

Cancelar