Entenda quais são os cuidados com animais em apartamento

Entenda quais são os cuidados com animais em apartamento

Ter animais em apartamento é cada vez mais comum para quem mora na cidade. No entanto, considerando que nesses ambientes o pet tem um espaço limitado para explorar, evitar o surgimento de potenciais problemas é fundamental. Afinal, a falta de condições apropriadas interfere na saúde física e emocional dos bichinhos.

Outra prioridade é conhecer as regras do condomínio com relação aos animais de estimação. Por lei, os pets são permitidos, desde que não tragam nenhum inconveniente ao espaço. Contudo, nas áreas comuns há regras, e caso não haja recomendações específicas a respeito do fluxo dos pets nesses ambientes, tenha bom senso ao transitar com ele no hall de entrada, elevadores e espaços de lazer.

Levando em conta que animais em apartamento se tornou uma pauta frequente entre muitos moradores, apresentamos os melhores tipos de animais para espaços pequenos e os cuidados necessários para aumentar o bem-estar do seu pet em seu lar. Continue a leitura!

Dicas para ter animais em apartamento

Todos os animais são bem-vindos nos condomínios, mas é importante levar em consideração que talvez não seja tão agradável para um cão de grande porte viver em um espaço pequeno, que torna impossível vê-lo brincar sem derrubar todos os móveis. Confira algumas dicas antes da mudança!

Cachorros em apartamento

A maioria dos cães exige tempo de brincadeira e atividade física para mantê-los saudáveis ​​e felizes. Isso é algo que as pessoas devem considerar ao escolher um cão como um companheiro, pois eles podem se sentir solitários e entediados quando são deixados sozinhos em lugares que oferecem espaço limitado.

Ao escolher um cão para um condomínio, as características típicas da raça devem ser consideradas. Por exemplo, algumas raças são mais propensas a latir, outras são ricas em energia ou podem exigir mais atenção de seus donos. É provável que um cão que late excessivamente se tornar um incômodo para os vizinhos, e um animal com muita energia pode encontrar atividades destrutivas para se manter ocupado, como mastigar sapatos, roupas ou móveis.

Além de selecionar o tipo certo de cachorro, ofereça brinquedos de morder para os momentos em que estiver sozinho, e dê bastante atenção e amor quando estiverem juntos. Vale lembrar que eles devem caminhar regularmente ao ar livre para se exercitarem e queimarem o excesso de energia.

Gatos em apartamento

Em geral, os gatos são mais independentes do que os cachorros e, consequentemente, tendem a se sair bem nos apartamentos. Entretanto, isso não significa que os felinos não precisam de atenção e cuidado.

Embora durmam boa parte do dia, eles se tornam cada vez mais ativos durante a noite. Nesses momentos, um apartamento pequeno pode ter espaço limitado para um gato brincar. Sendo assim, arrume os móveis de modo que os gatos possam usá-los para pular e brincar.

Aos que moram em andares mais altos, existe a ameaça potencial de queda. Desse modo, para evitar esse tipo de acidente, certifique-se de que todas as janelas têm uma tela de segurança, pois é inevitável que eles não subam nelas para ver o mundo lá fora.

Pequenos animais em apartamento

Há quem prefira os pets que ficam em gaiolas e aquários. Animais como pássaros, porquinhos-da-índia, hamsters e coelhos necessitam de espaços bem conservados, bem como alguns brinquedos para ajudar na distração.

Já os peixes são ótimos para pessoas que não têm muito tempo de dar atenção aos animais de estimação. Para esses casos, não é essencial toda uma mudança no ambiente para acomodá-los no apartamento.

Cuidados necessários com animais em apartamento

Ter um bichinho de estimação é essencial para qualquer família e a chegada deles no ambiente deixa todo mundo feliz. Contudo, viver em um apartamento exige alguns ajustes antes de receber o novo integrante, visto que alguns envolvem certos planejamentos e adaptações para a segurança e bem-estar do animal. Acompanhe!

Faça um período de adaptação

Se você vai se mudar de uma casa ampla para um apartamento, é absolutamente normal que seu pet seja afetado pelo novo ambiente, especialmente os gatos, que podem tentar fugir em busca do antigo lar.

Diante disso, é indicado manter o padrão do local antigo o máximo possível e evitar mudanças inesperadas na rotina do animal. Uma dica imprescindível é que entre com seu bichinho no novo lar para que ele se sinta seguro, e durante a mudança dos móveis, mantenha-o distante para não estressá-lo ainda mais.

Instale telas de proteção

Caso o apartamento já não tenha as telas instaladas, essa deve ser a primeira atitude aplicada, assim que a família tomar a decisão de ter um pet. Essencialmente se a preferência por pelos gatos, uma vez que eles tendem a gostar de lugares altos.

Além disso, é bom já pensar em um novo local para armazenar produtos de limpeza se você costuma deixá-los expostos. O ideal é guardá-los em um armário fechado para evitar acidentes.

Prepare um bom lugar para o animal dormir

Assim como os seres humanos, os animais também precisam de um lugar reservado e confortável para descansarem. Procure por um local escuro, coberto e com boa ventilação para montar o cantinho da soneca. Para que o cachorro ou gato se sinta mais tranquilo no novo lar, forre a cama com uma de suas roupas usadas, certamente eles vão adorar.

Separe um espaço para o banheiro

Geralmente, os locais mais preferidos nos apartamentos são a varanda e a lavanderia. Esse não será um grande problema aos donos de gatos, já que os instintos felinos os leva para a caixinha de areia. Para os cães, a jornada é um pouco mais longa e requer paciência, por essa razão, reserve o local para as necessidades e forre com jornal ou tapete higiênico para que eles aprendam desde cedo.

Além disso, é importante manter o local destinado ao banheiro sempre limpo, removendo diariamente os resíduos de fezes e urina do jornal ou caixinha de areia, assim como o mesmo cuidado com a higienização dos brinquedos e utensílios de alimentação usados pelo animal.

Viu só como com alguns cuidados especiais você pode ter um bichinho de estimação em seu apartamento de maneira segura e sem gerar incômodos na vizinhança? Não tenha dúvidas de que eles trarão muita alegria para o seu lar.

Você curtiu as dicas sobre o cuidado com animais em apartamento? Então, confira também nossas 5 dicas úteis para conviver com vizinhos em harmonia e se torne um exemplo a ser seguido em seu condomínio!

Sem comentários

Cancelar