Descubra os tipos de almofadas que vão repaginar o ambiente

Descubra os tipos de almofadas que vão repaginar o ambiente

Para quem deseja dar uma repaginada na decoração sem gastar muito, as almofadas são uma ótima opção. Elas deixam a casa mais charmosa, destacando os principais pontos de cada ambiente. Além disso, escolhendo diferentes tipos de almofadas, você pode trazer um diferencial para os seus cômodos!

Então, interessado? Neste post, trouxemos algumas dessas variações para você conhecer melhor esses elementos que mudam totalmente a decoração. Continue lendo e confira!

Conheça os tipos de almofadas

Engana-se quem pensa que esses itens de decoração servem apenas para a sala — você também pode utilizá-los na cama, em varandas e tapetes. Almofadas são muito versáteis e, por terem um custo baixo, podem ser trocadas com frequência. Assim, a decoração da sua casa não será sempre a mesma!

Como dissemos, elas aparecem em várias formas, materiais e texturas. Então, vejamos a seguir os principais modelos existentes:

Estampadas

Os modelos estampados vêm em motivos variados: étnicos, geométricos, florais, folhagens, arabescos, dentre outros. Assim, você pode misturar elementos clássicos com outros mais modernos, desde que a composição final combine com o restante da decoração.

Materiais e texturas diferentes

Além das estampas, existem diferentes materiais e texturas para almofadas. As mais “em conta” são as de algodão ou tecido natural, mas também é possível encontrar materiais mais sofisticados, como o veludo e a seda. Além desses, as almofadas de linho também são facilmente encontradas.

Já entre os modelos com uma textura mais aparente, podemos citar as felpudas, muito comuns no inverno e em decorações com estilo escandinavo. Atualmente, o modelo que está em alta são as de maxi-tricot, que podem ter formatos diferentes e dão um tom contemporâneo aos ambientes.

Design exclusivo

Também é possível personalizar almofadas, de forma que elas tenham um design exclusivo para a sua casa.

Você pode escolher pôsteres de séries, quadrinhos ou games que tenham a ver com você, por exemplo. Nesse caso, inspire-se em uma paleta de cores para criar sua própria estampa! Outra forma de personalizar é usar uma foto de uma paisagem, ou de uma viagem que você fez.

Seja como for, você consegue criar itens totalmente diferentes das outras pessoas, deixando a casa com a sua cara.

Com frases

Outra ideia muito utilizada atualmente são as frases. Elas estão em alta nos itens de decoração, podendo aparecer em quadros, paredes de lousa — e, também, nas almofadas.

Existem frases e expressões mais clássicas, como “carpe diem” (“aproveite o dia”, em latim), ou “Mais amor, por favor”. Entretanto, você pode encontrar tanto modelos com frases prontas quanto escolher uma que tenha mais a ver com você e a sua família. Abuse da criatividade!

Formatos diferentes

Fora os formatos mais comuns, como os quadrados e retângulos em diferentes proporções, também são encontradas almofadas redondas e outras com formas bastante inusitadas.

Podemos citar as que imitam emojis do WhatsApp, ou formas de objetos e itens diversos, como um copo de cerveja ou uma boca. No universo infantil, elas são ainda mais comuns! Alguns desses modelos são os com forma de nuvens, personagens de desenhos animados ou bichinhos.

Certifique-se de que as almofadas se harmonizem

Para escolher os tipos que mais combinam com você, é preciso ficar atento à harmonia. Pense em combinar itens com estampas diferentes — mas se lembrando de que uma cor, pelo menos, deve ser igual entre elas, gerando uma unidade na decoração.

Se você escolher uma almofada floral com as cores verde e vermelho, por exemplo, pode combiná-las com um modelo listrado de uma dessas cores, ou uma almofada lisa, também nessa tonalidade.

De toda forma, misture com cuidado, mas confie no seu bom senso para ver se o resultado é harmonioso para a composição do seu ambiente.

Leve em consideração o tipo de decoração

Além da harmonia, também é preciso considerar o estilo de decoração. Se você tem uma sala moderna em tons neutros, por exemplo, dificilmente conseguirá combinar com almofadas muito ousadas, como as de pôsteres e quadrinhos.

Por outro lado, se você tem um estilo mais moderno e despojado, o ambiente provavelmente não combinará com modelos estampados, com arabescos. Logo, fique atento a isso para fazer sua escolha.

Geralmente, decorações clássicas pedem acessórios em tons mais sóbrios. Caso prefira cores vibrantes, é melhor optar por uma cor só, ou fazer uma composição tom sobre tom com almofadas lisas.

Já as decorações mais ousadas e contemporâneas podem ousar nas estampas: geométricas, florais, animal print, entre outras. E, se for uma decoração rústica, opte por tecidos crus e tons terrosos, como o vermelho, laranja e marrom. 

Mescle as tonalidades de cores

De fato, é interessante saber combinar as cores para que a sua decoração não fique monótona. Se o seu sofá for cinza, por exemplo, evite trabalhar com almofadas nessa mesma tonalidade. Prefira cores um pouco mais vibrantes e estampas diversas.

O contrário também se aplica: se você tiver um sofá colorido, evite itens em tons vivos demais. Nesse caso, escolha cores neutras, como bege, cinza, preto e branco, para harmonizar com o restante.

Caso você tenha dificuldades nessa seleção, o círculo cromático pode lhe ajudar. Nele, cores opostas são complementares, e tons adjacentes são chamados análogos. Assim, o verde é uma cor complementar ao rosa, ao mesmo tempo em que é análoga ao amarelo e ao verde-água.

Usando essa ferramenta, você pode trabalhar uma seleção de cores análogas e combinar com uma cor complementar. Por exemplo: usar uma almofada roxa e uma rosa (análogas) e complementá-las com uma verde(oposta). Ficou mais fácil pensar assim, certo?

Defina a quantidade certa de almofadas

Para definir a quantidade certa, é preciso verificar o tipo do seu sofá ou assento. Em geral, se o sofá ou móvel for pequeno, é melhor usar modelos menores e em quantidade pequena, de 2 a 4. Já se o móvel ou sofá for grande, você pode usar mais itens, de 6 a 10.

Além disso, em geral, as decorações clássicas ficam bem com acessórios simétricos. Então, prefira números pares para esse estilo. Por outro lado, os estilos mais ousados, modernos e despojados podem ficar mais legais com esses elementos em números ímpares.

Enfim, agora você já sabe tudo sobre os tipos de almofadas! Como vimos, na hora de decorar não há jeito certo ou errado. O interessante é quebrar a monotonia, usando cores, texturas e formas variadas, sempre observando o estilo da decoração e harmonia do ambiente.

Então, gostou do post? Sobrou alguma dúvida sobre os tipos de almofadas? Deixe-nos o seu comentário e compartilhe sua opinião e sugestões com a gente!

Sem comentários

Cancelar