Comprar para reformar: é um bom negócio apostar nesse tipo de investimento?

Comprar para reformar: é um bom negócio apostar nesse tipo de investimento?

O investimento no mercado imobiliário traz muitas possibilidades para os possíveis investidores. É possível realizar diversas negociações que podem trazer o lucro desejado. Porém uma vertente que tem ganhado certo destaque no ramo é a alternativa de comprar para reformar.

Isso já acontece com muitas imobiliárias e corretores que optam por investir na reforma de um imóvel antigo para poder revendê-lo. Mas muita gente ainda tem dúvida sobre se vale ou não a pena apostar nesse tipo de negócio. É uma decisão bastante delicada, portanto é necessário avaliar alguns fatores importantes.

Se você não sabe se essa opção é um bom investimento, continue por aqui e veja se vale a pena comprar um imóvel para reformar, além de entender o que pode ou não ser feito nessa reforma. Vamos lá?

Um investimento em apartamento para reformar, vale a pena?

Muitas vezes, ao adquirir um imóvel novo, você tem muitos gastos, por ser algo que acabou de ser construído e ter um valor de compra bem elevado. E todo mundo sabe que o com o passar do tempo e com o uso do imóvel esse preço acaba abaixando, deixando os apartamentos usados bem mais baratos que os novos.

Por outro lado, quando se compra um apartamento usado é possível que seja necessário uma pequena reforma, para trazer de volta suas características originais e consertar alguns danos que podem surgir com tempo. E essa reforma, se bem planejada, pode ser mais barata do que a compra de um imóvel novo. Você estará valorizando mais o bem e tirando um excelente retorno em cima de uma possível revenda.

Se for feita a escolha de comprar um imóvel usado é essencial levar em consideração muitos fatores, de modo que esse investimento acabe não se tornando um prejuízo, por conta da falta de planejamento e pesquisa. Vale a pena analisar informações como o estado do imóvel, os tipos de mudanças que serão feitas e o custo que isso terá.

Com foi visto, comprar para reforma pode ser bem mais vantajoso do que outros tipos de investimento com imóveis. Mas só realize a negociação se o custo-benefício for favorável.

Quais fatores levar em conta na hora de comprar para reformar?

Forma da venda

Primeiramente, vale a pena analisar se a forma como será feita a compra e venda do imóvel valerá a pena. Nesse momento muitos investidores ficam em dúvida entre iniciar a negociação diretamente com o proprietário do bem ou recorrer a uma imobiliária para ajudar na transação.

Muitas vezes, quando se compra um imóvel diretamente com o proprietário, você acaba tendo que lidar com tudo sozinho, desde todos os documentos e burocracia até a formalização do contrato de compra e venda.

Quando se tem o auxílio de uma imobiliária, estão envolvidos profissionais capacitados e especializados para te auxiliarem durante todo o processo. Eles poderão te ajudar no momento de escolher e pesquisar o melhor apartamento, que atenda às suas necessidades e esteja dentro do seu orçamento.

Essa empresa ainda oferece uma assessoria jurídica para formalização do contrato, recolhimento de todos os documentos necessários, dentre outros fatores.

Localização do imóvel

A maioria dos imóveis antigos estão localizados nas áreas centrais das cidades, que, por terem se desenvolvido ao longo do período de crescimento da região, apresentam uma infraestrutura consolidada. Esse quesito agrega bastante valor ao apartamento. Vale lembrar que não são todos que tem esse tipo de localização, por isso é interessante sempre avaliar antes.

Se o apartamento estiver localizado em uma boa região, as chances de procura pelo bem são muito altas. Sendo assim, vai ser muito mais fácil revendê-lo depois da reforma. Portanto pesquise por esse tipo de imóvel mais antigo, em uma região que seja favorável, estando já bem desenvolvida ou em crescimento.

Estado do imóvel

É importante também analisar as características do imóvel, tanto o interior quanto o exterior. Existem muitos apartamentos antigos que estão em perfeitas condições de uso e habitabilidade, assim como edificações muito mal conservadas.

Por isso verifique atentamente a estrutura geral do prédio e as instalações do apartamento. Confira quais são os danos nas paredes, revestimentos, instalações elétricas e hidráulicas, bem como o estado das janelas e portas. Com isso, você acaba tendo uma prévia de quais serão os serviços necessários na reforma e já tem uma ideia de quanto vai custar.

Atente-se para a gravidade dos danos e problemas encontrados, realizando um levantamento das necessidades para que o apartamento retorne às características originais. Nessa etapa, você pode contar com a ajuda de um técnico capacitado, que inclusive te auxiliará na próxima fase.

Custo da reforma

Depois, é importante levar em conta também qual será o custo dessa reforma. Com o apartamento já escolhido e as necessidades de reparo já esquematizadas. O profissional técnico que realizou a avaliação no estado do imóvel poderá ajudar nesse orçamento, apontando o custo total da reforma.

É importante destacar que muitas edificações podem estar comprometidas e demandam reparos bem além da unidade que você pretende adquirir, sendo necessário uma grande obra. Nesses casos, o investimento acaba não sendo muito vantajoso.

Reflita bastante sobre cada ponto levantado sobre o apartamento, sendo realista para evitar futuros arrependimentos. Dessa forma, você conseguirá tomar a melhor decisão, sem tomar prejuízos e realmente fazer um bom investimento.

Melhor momento para fazer esse tipo de compra

É necessário avaliar o melhor momento do mercado para poder fazer esse tipo de investimento. O mercado imobiliário passou por um período de recessão, porém ele vem retomando o seu crescimento. Com isso, muitos investidores estão apostando na aquisição de imóveis e as construtoras e imobiliárias apostando em empreendimentos para vender.

Sendo assim, é um bom momento para fazer essa compra, pois para uma possível revenda do imóvel, não faltarão compradores.

E quais pontos podem ser abordados nessa reforma?

Muitos dos reparos que são feitos em apartamentos usados têm a ver com a estética do imóvel, bem como as instalações elétricas e hidráulicas, sendo eles:

  • pintura das paredes;

  • troca de revestimento de pisos e paredes quebradas;

  • troca de pontos de tomada e luminárias;

  • pintura de portas;

  • troca de torneiras e louças sanitárias;

  • revisão e reparo no quadro de energia para verificar alguma sobrecarga.

Por fim, vale ressaltar que se você seguir com atenção todos os passos que foram sugeridos na hora de fazer esse investimento é bem certo que você faça uma boa e segura negociação, podendo obter um bom retorno sobre o que investiu.

O que você achou deste conteúdo? Viu que comprar para reformar pode sim valer a pena? Gostaria de ver mais assuntos como este ou então conhecer os nossos serviços? Então, entre em contato com a nossa empresa e ajudaremos naquilo que você precisa!

Sem comentários

Cancelar