http://184.154.163.146/~blogfernandezmer/wp-content/uploads/2017/12/151480-aprenda-como-decorar-o-quarto-com-essas-5-dicas.jpg

Aprenda como decorar o quarto com essas 5 dicas

Você tem um cômodo preferido em casa? Para a maioria das pessoas, o escolhido é o dormitório. E essa popularidade não existe à toa: trata-se de um dos lugares mais relaxantes e apaixonantes de uma residência, especialmente quando sabemos decorar o quarto de modo a torná-lo mais acolhedor.

Para que seja verdadeiramente confortável, esse espaço não pode ser só um cômodo, mas uma espécie de santuário, que servirá como refúgio pessoal para aqueles que o utilizarem. Por isso, a decoração tem um papel fundamental na expressão da personalidade dos moradores da casa.

Quer saber como transformar seu quarto em um verdadeiro retiro relaxante? Continue a leitura e confira nossas dicas de decoração!

Como decorar o quarto?

Como mencionamos no início de nossa conversa, a decoração dos quartos é importantíssima para transmitir a personalidade dos residentes da casa e tornar o ambiente mais aconchegante. Porém, a imensa gama de possibilidades decorativas e a incrível variedade de personalidades podem tornar a experiência um pouco assustadora.

Apesar disso, tenha calma! Decorar também pode ser uma atividade extremamente divertida e estimulante. Seguindo alguns pequenos passos, é possível dar asas à imaginação e customizar o seu espaço para que ele fique perfeito!

Em primeiro lugar, devemos considerar que os dormitórios servem justamente para o propósito indicado pelo seu nome: dormir. Por isso, o cômodo deve ter uma atmosfera que favoreça toda a biologia do sono, sendo confortável e contando com a iluminação correta.

Sabemos, porém, que os quartos são cenários de diversas outras atividades — e devem abranger todos os interesses de seus donos. Tais requisitos variam de pessoa para pessoa e, portanto, o estilo do ambiente deve ser definido antes do início do planejamento da decoração, priorizando sempre o equilíbrio entre os componentes decorativos.

O tamanho disponível também deve ser levado em consideração. Isso é primordial para que todos os planos se concretizem e o resultado seja satisfatório.

Quais são as principais dicas de decoração de dormitórios?

Agora, sem mais delongas, vamos conferir as 5 dicas mais quentes para tornar o processo de decoração ainda mais simples e divertido. Vamos lá?

1. Concilie os gostos do casal

Os dormitórios destinados aos casais são, na maior parte das vezes, os maiores da casa, oferecendo aos adultos um espaço para escapar dos problemas da rotina. Após um longo e estressante dia de trabalho, nada melhor do que relaxar em um cantinho que possa ser chamado de seu, não é mesmo?

Nesse caso, o maior desafio é chegar a um acordo de estilo, já que duas pessoas dividem o espaço e podem ter gostos completamente diferentes. Mas alguns itens são bem democráticos e satisfazem gregos e troianos — entre eles, estão as almofadas, as roupas de cama, os quadros e as cortinas, que conferem maturidade e seriedade ao cômodo.

Outra dica para deixar o quarto com a cara do casal é reservar um espaço para as fotos dos pombinhos. Não se esqueça, também, de planejar a compra de um amplo guarda-roupa, que será necessário para abrigar itens em dose dupla.

2. Proporcione conforto às crianças

A maioria das casas tem quartos separados para os pequenos. Aqui, as possibilidades de decoração tornam-se ainda mais abrangentes, afinal não há limites para a imaginação infantil. No entanto, alguns cuidados importantes devem ser tomados.

O primeiro passo é atentar à qualidade e à estrutura dos móveis escolhidos, para que o risco de acidentes não aumente. Outro ponto importante é evitar o acúmulo de informações — as crianças precisam de espaço livre para circular e brincar com conforto.

Por isso, aposte em nichos e prateleiras, além das já famosas caixas de organização. Existem diversos modelos coloridos e divertidos no mercado. Manter tudo em seu devido lugar e limitar o número de bagunças próximas ao chão podem facilitar a vida de todos os envolvidos.

Peça a ajuda das crianças para decorar e, se possível, utilize os próprios brinquedos e objetos pessoais que elas têm. Desse modo, a personalidade de cada uma será ‘’tatuada’’ no quarto, tornando-o um ambiente muito mais seguro para o desenvolvimento dos pequenos.

Já no caso de bebês ou recém-nascidos, a ideia é apostar em cores claras e suaves, que comprovadamente acalmam e ajudam no sono. Opte também por uma mobília multifuncional, como cômodas que sirvam como trocadores.

3. Pense em um espaço aconchegante para os adolescentes

É difícil citar um adolescente que não passe boa parte de seu tempo dentro do quarto, certo? Nessa fase tão bonita e cheia de descobertas, é fundamental contar com um ambiente seguro e aconchegante.

Os jovens são, de certa forma, ainda mais ligados à identidade pessoal do que crianças e pessoas de outras faixas etárias. Por isso, a maioria deles adora pôsteres de artistas, seriados e filmes, ou um lindo mural para pregar fotos que foram tiradas com seus melhores amigos.

Guarda-roupas espaçosos são bem-vindos e, para as moças, uma espécie de penteadeira pode ser uma boa ideia. Afinal de contas, todas as maquiagens e joias precisam de um lugar para viver, não é mesmo?

Outra dica importante é criar um ambiente confortável para os estudos, com móveis adequados para a estatura do adolescente e com uma iluminação adequada. Uma estante para deixar tudo à mão também é uma ótima pedida!

4. Invista na neutralidade do quarto de hóspedes

Caso sua casa tenha o espaço necessário, um quarto para visitas pode ser um grande diferencial, permitindo que amigos e familiares fiquem confortáveis e tenham mais privacidade quando passarem para dar um alô.

Cômodos como esse receberão diversos tipos de pessoas, com gostos e personalidades muito diferentes. Por isso, a decoração precisa ser o mais neutra possível, com cores claras e relaxantes, além de itens democráticos, como quadros e abajures. O quarto deve contar, ainda, com armários e camas confortáveis — beliches ou bicamas podem ser uma boa ideia!

5. Saiba lidar com espaços pequenos

Nem sempre temos ambientes amplos em casa. Por isso, algumas dicas podem fazer com que cantinhos menores pareçam tão espaçosos quanto os que realmente são.

A circulação de ar é importante em todos os cômodos, mas se torna ainda mais necessária para manter fresquinhos os quartos pequenos. Além disso, a iluminação nesses espaços deve ser bem pensada. Espelhos também conferem a sensação de que o cômodo é maior, refletindo o ambiente e, consequentemente, a luz.

Outra dica é fazer como nos quartos infantis e deixar o chão o mais livre possível: utilize prateleiras, nichos, suportes para televisão e estantes. Móveis multifuncionais são excelentes para manter a mobilidade e a fluidez do trânsito no ambiente. Por fim, as paredes devem ser sempre claras, para que a luz se espalhe e dê a ilusão de um quarto maior.

E aí, o que achou de nossas dicas para decorar o quarto? Seguindo seus gostos pessoais e as principais tendências de decoração, o resultado tem tudo para ser um arraso! O que você está esperando para se aventurar?

Vamos conversar mais sobre o assunto? Compartilhe conosco alguma dica bacana de decoração nos comentários!

Sem comentários

Cancelar