Apartamento pronto ou na planta: qual a melhor opção?

Apartamento pronto ou na planta: qual a melhor opção?

Dar adeus ao aluguel é um dos grandes desejos de boa parte da população brasileira. Entretanto, aí vem o dilema: adquirir um apartamento pronto ou na planta? As duas formas têm suas vantagens e desvantagens. E a melhor opção será a que mais combina com o seu estilo de vida atual.

Em tempos de crise, saber negociar é uma dádiva. Nesses períodos, algumas empresas costumam oferecer inúmeros benefícios e descontos. Portanto, alguns cuidados são necessários antes de assinar qualquer contrato.

Para colaborar com a sua decisão, analisaremos os dois modelos de investimento a seguir. Continue conosco e confira!

Apartamento pronto

Essa é uma escolha muito conveniente para quem deseja sair do aluguel e iniciar uma nova etapa da vida imediatamente. Afinal, quer coisa mais prática do que encontrar um imóvel novo e poder fazer a mudança logo em seguida?

A vantagem do apartamento pronto é a possibilidade de saber, com antecedência, o valor de condomínio que vai pagar. Outro fator importante é conhecer os futuros vizinhos. Afinal, eles influenciarão diretamente seu bem-estar e sua qualidade de vida.

Uma sugestão é visitar os arredores do imóvel em diferentes períodos do dia para avaliar o ambiente, a ventilação e a iluminação. Conheça outros atributos e veja se correspondem à sua atual situação.

Mais burocracia, mas maior segurança

Quando a propriedade está pronta, o número de documentos solicitados e procedimentos em cartórios aumenta, pois o teor do contrato é definitivo. Esses requerimentos são uma garantia a mais ao negócio e uma segurança maior ao comprador.

Investimento inicial

Adquirir um imóvel pronto requer muito mais dinheiro disponível em comparação com as propriedades na planta a começar pela entrada, a qual costuma ficar entre 10 e 30% em relação ao valor total. Muitas vezes, essa quantia deve ser paga à vista.

Assim como o local pode ser habitado logo após o pagamento do valor de entrada, as prestações restantes se iniciam de maneira imediata. Dessa forma, é necessário que o comprador já tenha planejado suas finanças anteriormente para assumir tais desembolsos.

Instalações

Quando o apartamento escolhido é o mais próximo daquilo idealizado para você e sua família, a chance de se desembolsar dinheiro com a restauração dos acabamentos e outras reformas é mínima. Isso torna a mudança mais rápida.

Além de tudo, logo nas primeiras visitas, o proprietário é capaz de visualizar a dimensão do local e planejar a decoração com base em uma perspectiva real do espaço. E, na hipótese de reformas, ele poderá realizá-las aos poucos, conforme seu orçamento.

Apartamento na planta

Talvez a compra de um apartamento na planta seja um dos investimentos mais inteligentes, principalmente quando o imóvel escolhido está localizado em um bairro com grande possibilidade de crescimento. É provável que a compra saia 40% mais barata do que custaria ao final da construção.

E uma notícia bem interessante aos que não são tão organizados financeiramente é que, como o restante do valor deve ser pago somente depois que o apartamento estiver pronto, é possível equilibrar os gastos até lá e conseguir quitar as prestações tranquilamente.

Menos preocupações com a documentação

Nesse segmento, a documentação costuma ser descomplicada, pois a assinatura envolve uma promessa de compra e venda (e não um contrato definitivo). Assim, todos os procedimentos se limitarão à construtora e ao proprietário.

Contudo, verificar a idoneidade da construtora é muito importante. Como nos referimos a um imóvel que ainda será construído, pesquisar sobre as condições financeiras da empresa e possíveis reclamações no Procon pode garantir sua segurança.

Facilidade no pagamento

No geral, muitas construtoras solicitam entradas equivalentes a 30 ou 40% do valor total do apartamento. Caso não consiga pagar a entrada à vista, essa quantia pode ser parcelada durante todo o período de construção do imóvel, que pode chegar a 3 anos.

O restante do valor será cobrado só depois da entrega das chaves, por meio de algumas prestações com a própria construtora, ou financiado por intermédio de uma instituição bancária. Esse investimento é excelente para quem tem o objetivo de comprar o próprio apartamento, mas precisa de um tempo para organizar a poupança.

No final das contas, a possibilidade de optar pelo valor mínimo a pagar de parcelas e negociar o preço das parcelas intermediárias — trimestrais, semestrais e anuais — também é um excelente benefício para quem deseja economizar e não tem pressa em mudar.

Instalações modernas e flexibilidade para customizar

Deseja viver em um local com estrutura sofisticada? Os projetos arquitetônicos atuais têm sido produzidos com base no que há de mais tecnológico no mercado. Com eles, você evita reformas e manutenções a curto prazo.

Possíveis personalizações também são garantidas, como a escolha do piso, iluminação diferenciada, entre outras. E, dependendo da construtora, são autorizadas reformas em grande escala, inclusive.

Entretanto, pode ocorrer de o apartamento não ser entregue conforme o prometido no projeto em relação aos pisos, sistemas elétricos, acabamentos etc. Caso o comprador queira uma revisão, isso pode atrasar a entrega das chaves.

Nessas situações, a dica é pedir o memorial descritivo. Com tal documento em mãos, faça uma vistoria, juntamente com um profissional, assim que o local estiver finalizado. Avalie se todos os itens do memorial estão presentes no espaço, conforme prometido.

Agora que já conhece algumas características de cada tipo de investimento, será mais simples identificar a melhor alternativa para você e sua família. Ter o auxílio de uma imobiliária pode ser muito positivo nesses momentos, pois cada possibilidade oferece benefícios a um tipo de público específico.

Ainda tem dúvidas quanto à aplicação de suas economias? Então, analise sua condição real. Se você tem um estilo mais conservador e prefere conhecer pessoalmente o apartamento no qual vai se instalar com a família, o mais aconselhável é o imóvel pronto.

Porém, se você pretende economizar e não se importa em aguardar o término da construção, um apartamento na planta é o melhor negócio.

E então? Gostou de nosso conteúdo sobre os atributos tanto de um apartamento pronto como de um imóvel na planta? Aproveite a visita para assinar nossa newsletter. Dessa maneira, você receberá todas as nossas atualizações diretamente em seu e-mail!

Sem comentários

Cancelar