5 dicas para fazer jardins suspensos em seu apartamento

5 dicas para fazer jardins suspensos em seu apartamento

Quem mora em grandes capitais sabe que apartamentos são bastante comuns nas metrópoles, por conta de sua praticidade e segurança. No entanto, há quem se preocupe com a falta de contato com a natureza ao residir nesse tipo de imóvel.

Como alternativa, os jardins suspensos têm ganhado fama para tornar ambientes urbanos mais aconchegantes e harmoniosos, além de ser um item de decoração.

Se você está pensando em criar um espaço verde em seu apartamento, conheça nossas 5 dicas sobre o assunto!

1. Escolha as plantas adequadas

Antes de começar o seu projeto de jardim suspenso, é importante ficar ciente de que nem todas as plantas são adequadas para um ambiente interno. Fatores como a iluminação do seu imóvel, a umidade e a ventilação podem ser decisivos para que sua área verde prospere. Pensando nisso, uma avaliação prévia se faz necessária. 

Por exemplo, se o ambiente onde pretende fazer seu jardim não conta com bons períodos de iluminação solar, plantas como os cactos não são as mais indicadas, já que necessitam ficar expostas aos raios solares por mais tempo do que outras espécies. O ideal, nesse caso, é que escolha outros tipos de plantas ou então encontre um local com maior incidência de sol para o cultivo de seu jardim, como na sacada ou em outras áreas externas.

Também é importante avaliar quanto tempo você tem disponível durante sua rotina para o cultivo das plantas. Para quem fica pouco tempo em casa ou viaja constantemente, aquelas que necessitam de cuidado semanal em vez de diário tendem a ser uma boa escolha.

Esses fatores contribuirão tanto para o sucesso de seu jardim quanto para que encaixe os cuidados exigidos em seu dia a dia.

2. Invista em painéis

O uso dos painéis ajuda a otimizar o seu espaço, além de ser uma alternativa para decorar o imóvel. Como existem vários tipos disponíveis no mercado, é importante que você selecione aquele que se adequa ao estilo de sua decoração.

A principal vantagem dos painéis é que eles não prejudicam a circulação dos moradores e ocupam uma área pequena do ambiente, já que podem ser fixados nos locais mais altos das paredes, seja na varanda, na sala ou até mesmo no corredor que dá acesso aos quartos.

Use combinações que estejam de acordo com seu perfil e preferência, mas levando sempre em conta a qualidade do material utilizado como fator mais importante na sua escolha. Na estrutura do painel, o ideal é contar com materiais resistentes como o aço ou o metal.

3. Planeje manutenções periódicas

O cultivo de jardins suspensos exige manutenção periódica para que o ambiente fique visualmente harmônico, além de garantir o bom desenvolvimento das plantas. Por isso, é essencial ficar atento às necessidades específicas de cada uma, verificando qual o melhor período para regá-las e qual a periodicidade ideal para poda, por exemplo.

Outro cuidado importante é a renovação a terra nos vasos sempre que for preciso. O uso de adubo também é uma possibilidade para contribuir com o crescimento das mudas.

Por fim, não esqueça de dar atenção às folhas secas, que devem ser retiradas para garantir a renovação das plantas e também para que a limpeza do ambiente seja cultivada.

4. Opte por um local ideal

O lugar escolhido para jardins suspensos também influencia na harmonização do espaço e no desenvolvimento das plantas. Então, como mencionamos acima, encontre um ambiente adequado, com boa iluminação, arejado e com condições ideais para a espécie de planta escolhida.

Quanto ao cômodo do apartamento, o jardim suspenso se adapta a vários ambientes e isso pode ser decidido de acordo com a sua preferência.

Na sala de estar, por exemplo, é uma boa opção para garantir um espaço aconchegante para sua família. Além disso, as mudas se tornam uma parte de sua decoração. Por isso, harmonize outros objetos e móveis com a escolha dos vasos e mudas. Dessa forma, você terá um ambiente harmonioso.

Outro local bastante comum é a varanda ou área externa do imóvel. Nesse caso, você pode investir em uma decoração rústica, usando pallets e outros materiais nesse estilo, não apenas no jardim, mas nos demais objetos que compõem o ambiente.

Uma possibilidade para esses espaços que contam com jardim suspenso é criar um espaço de descanso, com maior quantidade de plantas e móveis que o ajudem a relaxar.

O tão almejado cantinho verde é possível em vários ambientes de seu apartamento. Basta entender quais são suas preferências e partir para a ação!

5. Aprenda a montar o jardim suspenso

É relativamente fácil encontrar diversos recursos para a sustentação dos vasos e fixação de jardins suspensos. É importante conversar com lojistas ou profissionais especializados no assunto. Dessa forma, eles recomendarão qual a melhor opção de acordo com o local e tipo de planta que você escolheu.

Parafusos e pregos são úteis para montar o jardim. Além disso, os vasos desse tipo de jardim são diferentes dos modelos tradicionais e precisam ser apropriados para isso. Opte por materiais que causem os menores danos nas paredes do apartamento, assim você evitará grandes reparos caso queira trocar o jardim de lugar no futuro.

Outra dica é utilizar alternativas com materiais recicláveis, como as garrafas pet. Na internet, é possível encontrar várias ideias e tutoriais para criar os vasos a partir desses recursos.

Existem algumas técnicas para você organizar as plantas e montar seu jardim suspenso, como o uso de painéis, que já comentamos acima. Analise qual opção é a ideal para o espaço disponível em seu apartamento antes de iniciar a montagem.

O uso de jardins suspensos em apartamentos é cada vez mais comum, já que, para muitos, traz possibilidade de ter um espaço verde mesmo dentro de imóveis urbanos. Algumas dicas são importantes antes de criar o ambiente, como escolher as plantas mais adequadas, fazer a manutenção sempre que necessário e investir em painéis. Assim, é possível garantir um local acolhedor para a família e amigos.

Gostou da leitura e quer continuar aprendendo sobre o assunto? Então, veja também como cultivar suculentas em casa!

Sem comentários

Cancelar